sábado 19 de agosto




Arthur Dapieve

Arthur Dapieve
 
Arthur Dapieve (Rio de Janeiro, 1963) é jornalista, escritor, professor de jornalismo da PUC-Rio e Mestre em Comunicação Social. Desde 1993, assina uma coluna semanal no jornal O Globo. Antes, trabalhou em veículos como Jornal do Brasil, revista Veja Rio, site No mínimo e O Globo, como editor. Frequentemente, atua como comentarista de música e futebol – duas de suas especialidades – em programas de TV. Junto com Marcelo Madureira, apresentou o programa de humor Sem controle, no canal GNT. 
 
Desde jovem, Dapieve já era fascinado por autores como Albert Camus e John Fante e desejava, um dia, escrever ficção. A estréia foi em 2004, com De cada amor tu herdarás só o cinismo. O romance trata de um publicitário quarentão que se apaixona pela estagiária. O caso arrebatador, embalado por muito rock’n roll, aos poucos se transforma numa melancólica história de amor. No segundo romance, Black music, de 2009, um seqüestro aproxima um menino americano, um traficante de 17 anos e uma de suas namoradas. Dessa relação alimentada por sexo, música (jazz, rap e funk), violência e sonhos ameaçados, emerge um lirismo contundente. 
 
Repleto de referências literárias e musicais – que lembram o americano Lester Bangs e o inglês Nick Hornby – Dapieve mistura, com raro talento, profundidade e humor, erudição e pegada pop. Entre as obras de não-ficção do autor estão um perfil de Renato Russo, uma compilação de crônicas, um livro de referência sobre o rock brasileiro dos anos 80 e um ensaio sobre o suicídio. Veja, abaixo, a lista completa.
 
 
OBRAS
 
Romances
De Cada Amor Tu Herdarás Só o Cinismo (221 págs.) - 2004, Objetiva 
Black Music (116 págs.) - 2008, Objetiva 
2004 - De cada amor tu herdarás só o cinismo2008 - Black Music
 
 
Contos & Crônicas
Miúdos Metafísicos (234 págs.) – 1999, TopBooks 
1999 - Miúdos metafísicos
 
 
Não Ficção: Ensaios, História, Biografias
BRock – O rock brasileiro dos anos 80 (223 págs.) – 1995, Editora 34
Guia de rock em CD / co-autor: Luiz Henrique Romanholli (339 págs.) – 2000, Zahar
Renato Russo - O trovador solitário (188 págs.) - 2000 / 2006, Ediouro 
Os Paralamas do Sucesso / com fotos de Mauricio Valladares e comentários de Bi Ribeiro, Herbert Vianna e João Barone (235 págs.) – 2006, Senac Rio e Jaboticaba
Morreu na contramão: o suicídio como notícia (191 págs.) – 2007, Zahar 
300 discos importantes da música brasileira / co-autores: Tárik de Souza e Carlos Calado (435 págs.) – 2008, Paz e Terra
Conversa sobre o tempo / com Zuenir Ventura e Luis Fernando Verissimo (254 págs.) – 2010, Agir
1995 - BRock: o rock brasileiro dos anos 802000 - Guia do rock em cd2006 - Renato Russo: o trovador solitário2006 - Os Paralamas do Sucesso2007 - Morreu na contramão: o suicidio como notícia2008 - 300 discos importantes da música brasileira
 
 
Humor
Manual do Mané / co-autores: Gustavo Poli e Sérgio Rodrigues (124 págs.) – 2003, Planeta 
2003 - Manual do Mané
 
 
Edições Estrangeiras
França: Black Music – 2012, Asphalte
França: Maracanazo / trad. Philippe Poncet – 2015, Éditions Folies D’Encre
Portugal: De cada amor tu herdarás só o cinismo – 2009, Quetzal
Portugal: Black Music – 2010, Quetzal 
 
2012 - França - Black Music2012 - França - Black Music2009 - De cada amor tu herdarás só o cinismo - Portugal2010 - Black Music - Portugal


Prêmios
Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa - Oceanos, 4º lugar, 2016 – por Maracanazo

 


 

 

Obras em Destaque

  • imagem

    Black Music

    Objetiva - 2008 - 116 págs.

    Quando um seqüestro aproxima um garoto americano, um jovem traficante e uma de suas namoradas, o inusitado acontece: os três estabelecem um vínculo e se vêem obrigados a repensar o futuro. 
     
    Michael Philips, 13 anos, sabe tudo de jazz e basquete, mas quase nada de sexo. Ele é seqüestrado e aterrorizado por He-Man, 17 anos, traficante que sonha em ser um rapper famoso. Jô vive ouvindo funks de Tati Quebra-Barraco e histórias da irmã, ex-prostituta. É ela quem limpa e alimenta o seqüestrado. 
     
    Nessa relação – alimentada por sexo, música, violência e sonhos ameaçados – a raiva e o medo dão lugar a sentimentos menos sombrios, como amizade, compaixão e, quem sabe, amor. Arthur Dapieve oferece ao leitor uma visão não só perturbadora, mas também delicada e bem-humorada, nesse romance ambientado em uma favela do Rio de Janeiro.
     
    O Globo
     
    Jornal do Brasil
     
    Rádio Antena 3, Portugal
     

  • imagem

    De Cada Amor Tu Herdarás Só o Cinismo

    Objetiva - 2004 - 221 págs.

    O cenário inicial é um show do grupo de rock R.E.M. Dino, publicitário de 46 anos, e Adelaide, a irresistível estagiária da agência, começam um caso tórrido que, aos poucos, vira uma melancólica história de amor. O livro percorre 15 semanas do affair, embalado pela trilha sonora da geração de Dino - Neil Young, Pink Floyd, Joy Division -, e muitas vezes ambientado em redutos da boemia carioca.
     
    Dino vivia um casamento morno. A linda e ruiva Adelaide traz à tona a excitação do rock’n roll perdido. Inebriado pela moça, ele esquece que nem tudo é o que parece e que – como diz a música de Cartola, da qual foi tirada o título do livro – o mundo é um moinho.
     
    A sensação de verossimilhança que a história provoca é reforçada pelo conhecimento que o autor tem da geografia boêmia do Rio e pelas referências ao futebol e à música, com que sempre trabalhou na imprensa. De cada amor tu herdarás só o cinismo dialoga também com o romance Um amor, de Dino Buzzati, desnudando a brincadeira metalingüística da lolita-como-gênero-literário: o homem maduro se chama Dino, como o italiano, e a garota é Adelaide, como a prostituta milanesa.
     
    Site Wook, Portugal
     
    Site Digestivo Cultural
     
    Jornal Fórum, Portugal
     
    Revista Bravo!
     


Sobre a Agência Riff
imagem

Inaugurada em 1991, a Riff representa grandes nomes da literatura brasileira e as principais editoras e agências literárias estrangeiras no Brasil e em Portugal. Saiba mais.




2011 Agência Riff todos os direitos reservados - agenciariff@agenciariff.com.br Guilhotina Design