segunda-feira 23 de outubro




Lya Luft

Lya Luft
 
Lya Luft nasceu na colônia germânica Santa Cruz do Sul (RS), em 1938. Apaixonada por livros, quando menina decorava versos de Goethe e Schiller. Em Porto Alegre, se formou em Letras Anglo-germânicas. Mestre em Lingüística Aplicada e em Literatura Brasileira, Lya é tradutora de alemão e inglês e já verteu para o português obras de Virginia Woolf, Hermann Hesse e Thomas Mann, entre outros. Estreou como escritora em 1980, com o romance As parceiras, que teve mais de vinte reedições. O sucesso de crítica e público só cresceu ao longo dos anos. Cronista, contista, romancista, ensaísta e poeta, Lya Luft é uma das mais prestigiadas autoras brasileiras contemporâneas. Desde 2004, ela assina uma coluna quinzenal na revista Veja. 
 
Ao lançar As parceiras, Lya foi apontada como intérprete do universo feminino. O livro conta a história de Anelise, que busca encontrar respostas para seu infortúnio conversando com mulheres que marcaram sua vida. Em outros romances, como A Asa Esquerda do Anjo e Reunião de Família, Lya mergulha em dramas familiares.
 
Em Perdas & ganhos, a autora fala da experiência do amadurecimento, entre alegrias, descobertas, decepções e dores. E destaca, com otimismo, a necessidade de reinventar a vida. O livro encantou o público: ficou mais de cem semanas na lista de mais vendidos dos principais jornais brasileiros e foi publicado em diversos países. Outro sucesso é Múltipla escolha, em que Lya convida o leitor para uma reflexão profunda e agradável sobre temas do cotidiano, como a velhice e a juventude, a sexualidade, a comunicação, os afetos e a violência.
 
“Viver é subir uma escada rolante pelo lado que desce”. A frase do psicanalista Hélio Pellegrino, com quem Lya Luft foi casada, resume o foco da sua literatura. “É sobre esse esforço de viver que eu escrevo há tantos anos”, diz ela. A seguir, veja a lista completa de obras de Lya Luft.
 
 
 
OBRAS
 
Romances
As Parceiras (128 págs.) – 1980, 2003, Record
A Asa Esquerda do Anjo (128 págs.) – 1981, 2003, Record
O Ponto Cego (144 págs.) – 1999, 2003, Record
Reunião de Família (128 págs.) – 1982, 2004, Record
A Sentinela (192 págs.) – 1994, 2005, Record
O Tigre na Sombra (128 págs.)  – 2012, Record
O Quarto Fechado (112 págs.) – 1984, 2004, 2014, Record
Exílio (176 págs.) – 1988, 2005, 2014, Record
2011-capa-Reuniao-de-Familia2014- A sentinela2012- o tigre na sombra2012- o quarto fechado2014 Exílio
 
 
Contos & Crônicas
Pensar é Transgredir (192 págs.) – 2004, Record
Em Outras Palavras (224 págs.) – 2006, Record
O Silêncio dos Amantes (160 págs.) – 2008, Record
A Riqueza do Mundo (272 págs.) – 2011, Record
 
 
Não Ficção: Ensaios, Memórias
Histórias do Tempo (172 págs.)– 2000, Siciliano (direitos revertidos)
Mar de Dentro (128 págs.) – 2002, Record 
O Rio do Meio (144 págs.) – 1996, 2003, Record 
Perdas & Ganhos (128 págs.) – 2003, Record
Perdas & Ganhos / Edição de bolso (140 págs.) – 2009, BestSeller
Multipla Escolha (192 págs.) – 2010, Record
O Tempo é um Rio que Corre (144 págs.) – 2014, Record
2014- o rio deo meio 2014 perdas e ganhos2010 - Múltipla escolha2014 - O Tempo é um Rio que Corre
 
 
Poesias
Mulher no Palco (109 págs.) – 1984, Siciliano
Secreta Mirada (160 págs.) – 1997, 2005, Record
Para Não Dizer Adeus (141 págs.) – 2005, Record
O Lado Fatal (96 págs.) – 1988, 2011, Record
2005 - Secreta mirada2005 - Para não dizer adeus2011 - O lado fatal
 
 
Infantil & Juvenil
Histórias de Bruxa Boa / il. Susana Luft (104 págs.) – 2005, Record
A Volta da Bruxa Boa / il. Susana Luft (72 págs.) – 2007, Record
Criança Pensa / co-autor Eduardo Luft / il. Susana Luft (64 págs.) – 2009, Galerinha
2005 - Histórias de bruxa boa2007 - Avolta da bruxa boa2009 - Criança pensa
 
 
Audio-Livro
Perdas e Ganhos (5 horas) – 2008, Plugme
 
Edições Estrangeiras
Alemanha: Perdas e Ganhos (Geriten dês Glücks) - 2005, Ulstein
Dinamarca: Perdas e Ganhos (no prelo), Bazar Forlag
Espanha: Perdas e Ganhos (Perdidas y Ganancias) – 2005, El Pais / Aguilar 
Espanha/Catalão: Perdas e Ganhos (Pèrdues I Guanys) - 2005, Grup 62 (direitos revertidos)
Estados Unidos: O quarto fechado (The Island of the Dead) - 1985, Georgia University Press
Finlandia: Perdas e Ganhos (no Prelo), Bazar Forlag
França: Perdas e Ganhos (Pertes & Profits) - 2005, Editions Metailié
Holanda: Perdas e Ganhos (Geven em Nemen) - 2005, De Boekerij
Israel: Perdas e Ganhos - 2006, Kinneret-Zmora
Itália: Perdas e Ganhos (Perdite e Guadagni) - 2006, Rcs Libri / Bompiani
Iuguslávia: Perdas e Ganhos (Dobici i gubici) – 2006, Laguna
Noruega: Perdas e Ganhos (no Prelo), Bazar Forlag
Portugal: Perdas e Ganhos - 2004, Presença (direitos revertidos)
Portugal: Pensar é Transgredir - 2005, Editorial Presença (diretos revertidos)
Portugal: Reunião de Família - 2008, Pergaminho (direitos revertido)
Portugal: A Asa Esquerda do Anjo - 2008, Pergaminho (direitos revertidos)
Portugal: As Parceiras - 2008, Pergaminho (direitos revertidos)
Portugal: O Silêncio dos Amantes - 2009, Planeta (direitos revertidos)
Portugal: Multipla Escolha - 2011, Planeta
Reino Unido: Perdas e Ganhos  (Losses and Gains) - 2007, Vermillion
Reino Unido: Exílio (The red house) - 1994, Carcanet
Suécia: Perdas e Ganhos (no prelo), Bazar Forlag
Vietnam: Perdas e Ganhos (Le Du'o'c Mât), First News
2005 - Perdas e ganhos  - Espanha2005 - Perdas e ganhos - Espanha/ Catalão2006 - Perdas e ganhos - Itália2007 - Perdas e ganhos - Reino Unido2008 - A asa esquerda do anjo - Portugal2008 - As parceiras - Portugal2008 - Reunião de família - Portugal2009 - O silêncio dos amantes - Portugalmultipla escolha2012 Perdas e ganhos Vietnan

 


Obras em Destaque

  • imagem

    O TIGRE NA SOMBRA

    Record - 2012 - .

     

    No romance O TIGRE NA SOMBRA, Lya é fiel ao seu universo de mistério, magia e dramas humanos muito reais, que de uma forma ou outra nos atingem a todos.

    Os difíceis relacionamentos amorosos e familiares são o chão sobre o qual suas personagens caminham. O duelo entre vida e morte subjaz a todos os outros temas. O elemento enigmático permanece em muitas figuras, como a singular Vovinha, que ninguém sabe de onde veio, o bebê ciclope, o pai de família atormentado que dorme com revolver debaixo do travesseiro. Não menos interessante é a personagem filha preferida, Dalia, que mergulha em desespero, o tigre que, na sombra de um pequeno bosque inexistente, espreita tudo, ou os afogados da casa da praia chamada Casa do Mar, que à noite vêm para a beira das águas e falam com a personagem principal, Dôda.

    Dôda nasceu com uma perna mais curta, mas, embora deficiente, é a dona de todos os mistérios: trilha caminhos que os outros não alcançam, como o mundo dentro dos espelhos — que, segundo ela, têm vida própria e nos observam. Registra a trama de todos, fala por todos, por todos sente e sofre. E dialoga com seu alter ego, ou sua gêmea dentro dos espelhos, Dolores, que em muitas coisas é como ela gostaria de ser.

  • imagem

    Multipla Escolha

    Record - 2010 - 192 págs.

    Em Múltipla escolha, Lya indaga, debate e transgride com o fervor de alguém que refuta a mediocridade e escolhe a vida. Ela recorre à imagem do mundo como um teatro onde se desenrola o drama humano. No palco, espaço da nossa existência, há várias portas que podemos abrir, livremente. Mas costumamos ser esmagados por imposições sociais e mitos modernos, criados para abafar angústias que sentimos. Precisamos nos libertar para seguir o caminho de fato desejado, e não o imposto por estímulos externos. 
     
    A partir desse cenário, a autora convoca o leitor para o necessário ritual de pensar as múltiplas escolhas da vida. Ela aborda, com lucidez e clareza, elementos-chave do nosso cotidiano, como velhice e juventude, novos dilemas e tabus da sexualidade, as transformações da família, comunicação virtual, fronteiras entre o público e o privado, violência, drogas, ética e afetos. Um belo ensaio que reflete os caminhos do nosso tempo.
     
     
    O Estado de S. Paulo
     
    “Nas suas mãos, o Teatro do Mundo ganha um sentido íntimo e delicado – é dentro de nós mesmos que a peça, cômica ou trágica, se desenrola”
    Veja
     

  • imagem

    Em Outras Palavras

    Record - 2006 - 224 págs.

    Lya conduz o leitor a refletir sobre temas como o cotidiano, a política, a ética, a família e o amadurecimento. O livro reúne as melhores crônicas da autora, publicadas desde 2004 na revista Veja. Mas os 54 textos, por ela selecionados, aparecem com algumas alterações no livro. Tornaram-se auto-referentes, aproximando Lya do leitor, fazendo-o pensar, acertadamente, o quanto somos, embora diversos, tão parecidos. 
     
     
     “(…) A leitura de Em Outras Palavras pode ser um bom começo para essa revitalização do espírito”
    Veja

  • imagem

    Perdas & Ganhos

    Record - 2003 - 128 págs.

    “Entendi que a vida não tece apenas uma teia de perdas, mas nos proporciona uma sucessão de ganhos. O equilíbrio da balança depende muito do que soubermos e quisermos enxergar”, diz Lya Luft. 
     
    Ela é uma mulher de seu tempo, e sobre ele escreve. Uma mulher madura que já experimentou perdas e ganhos, mas mantém o otimismo, ama a vida e se diz “um bicho de sua casa” . Embora pouco doméstica, considera sua família o centro da vida, e a vida mais importante do que a literatura. 
     
    "Não somos apenas vítimas de fatalidades, somos também senhores de nossa vida", diz Lya. Em Perdas & ganhos, ela convida o leitor para ser seu amigo imaginário: companheiro de reflexões que vão da infância à solidão e à morte, ao valor da vida e à transcendência de tudo. Um livro sensível, delicado e inquietante.

  • A Asa Esquerda do Anjo

    Record - 1981 - 128 págs.

    A reflexão sobre a condição humana ocorre a partir da história da vida de Gisela, personagem que, de frustração em frustração, encaminha-se para a autodestruição, imersa num universo marcado por orgulho, hipocrisia, ressentimento e opressão. De forma vigorosa, Lya expõe as fraquezas e os anseios, os desalentos e os impulsos mais obscuros de Gisela, levando o leitor a reconhecer-se nos seus conflitos.


Sobre a Agência Riff
imagem

Inaugurada em 1991, a Riff representa grandes nomes da literatura brasileira e as principais editoras e agências literárias estrangeiras no Brasil e em Portugal. Saiba mais.




2011 Agência Riff todos os direitos reservados - agenciariff@agenciariff.com.br Guilhotina Design