sexta-feira 15 de dezembro




Cecília Vasconcellos

Cecília Vasconcellos
 
Cecília Vasconcellos Braga é carioca. Formada em História e mestre em Literatura, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, é romancista e autora de livros infantis e juvenis premiados.
 
No início da década de 1990, o anúncio de um concurso literário despertou a escritora em Cecília Vasconcellos. Pouco depois, ela surgiu na literatura infantil com O Rei das Palavras (2004), a envolvente história de um menino, filho único e aluno exemplar, que, estudando a gramática, reelabora sua relação com o mundo e descobre a saída para sua solidão. De lá para cá, Cecília construiu uma obra infanto-juvenil onde as relações afetivas de crianças e jovens são vivenciadas como aventura; às vezes em clima de suspense, como em Mais Importante que o Papa (1992), que conta as peripécias de Alexandre, um menino que investiga o desaparecimento de sua própria mãe; às vezes com muito humor, como na história da pequena Manu, de Idéia Maluca (1995), que busca recuperar a atenção dos pais após o nascimento de seu irmãozinho; e sempre com a sensibilidade que aparece em tom maior em Nas Pernas da Mentira, livro que narra as aventuras de desventuras de uma menina que, abandonada pelo pai, mente para adoçar a realidade.
 
Consagrada como autora infantil, Cecília dispôs-se a uma nova empreitada, um romance para falar sobre pessoas que resistem a sofrimentos insuportáveis, “os humilhados que sobrevivem”, no dizer da autora, num contexto de instituições desvirtuadas.
 
No prólogo de Guinada (2001), a voz emocionada de Sylvia, uma escritora casada com o ministro da Fazenda e peça-chave nesse romance de suspense, revela-nos suas razões para escrever: “Agora o caso vai a julgamento. Fui intimada a depor como testemunha de defesa da ré confessa Valdeci de Souza, que conheci quatro anos antes que tirasse a vida de um bebê. Naquela época a sua vida é que era tirada, e eu a abandonei. Desta vez vou ajudá-la, e não há Jonas que me impeça. Devo dizer aos jurados tudo que possa servir de atenuante ao caso. Preciso domar minha emoção, minha culpa, ser corajosa, lúcida, coerente. Por isso escrevo”. 
 
Sylvia preparará um relatório, buscando na memória e em anotações da época os acontecimentos que envolveram a acusada, mas, conduzida pela compulsão da escrita, registrará suas mais íntimas reflexões sobre literatura, política, sexo, família e amor, além de confidências inoportunas. Terminado o julgamento, o relatório da escritora desaparece misteriosamente.
 
Numa seqüência de loopings eletrizantes, Cecília leva o leitor de norte a sul do Brasil, em voltas e contravoltas que vão transformando a doidivanas da capital em médica competente; o bom-moço gaúcho, em ambicioso lobista; o vaqueiro piauiense, em bicho. Com agilidade, desliza o foco narrativo de Sylvia para outras personagens e traz à cena juízes, sem-terras, policiais, agiotas e políticos, compondo um painel de tipos e problemas atuais do país.
 
“Como o doutor desta deliciosa história, que receita colo, beijo e cafuné para a menina Manu, Cecilia revela um dos segredos de seu sucesso – a cumplicidade com a criança”,
Marina Quintanilha Martinez, crítica literária
  
  
OBRAS
 
 
Romances
Guinada – 2001, Record
2001 - Guinada
 
 
Infantil & Juvenil
Mais Importante que o Papa (il. Leo Rocha) – 1992, Nova Fronteira
A Verdadeira História da Estátua (il. Marilda Castanha)– 1992, FTD (direitos revertidos)
Nas Pernas da Mentira (il. Claudia Scatamacchia) – 1994, (nova edição no prelo), Nova Fronteira
Idéia Maluca – 1995, Ediouro
A Menina dos Olhos Mágicos – 1995, Formato
Prazeres do Pê – 1995, Braga (direitos revertidos)
O Rei das Palavras (il. Maurizio Manzo) – 1991, 2004, Nova Fronteira
A Parceira (il. Hebe Coimbra) - 2006,  Manati Produções Editoriais
Bendita Casa Maldita (il. Rosana Urbes) – 1996, 2014, Nova Fronteira
1992 - Mais importante que o papa1992 - A verdadeira história da estátua1994 - Nas pernas da mentira1995 - Idéia maluca1995 - A menina dos olhos mágicos1995 - Prazeres do pé2013 - O rei das palavras2006 - As parceiras
 
 
Ficção
A Morte do Calouro (208 págs) - 2011, Rocco
2011 - A morte do calouro
 
 
Prêmios
O Rei das Palavras - Primeiro lugar no Concurso Nacional de Histórias Infantis, Sec. Cultura - PR 
Mais Importante que o Papa - Primeiro lugar no Concurso Nacional de Histórias Infantis, Sec. Cultura - PR 
A Verdadeira História da Estátua - Prêmio Adolfo Aizen - UBE / Altamente Recomendável para Jovens, FNLIJ
Idéia Maluca - Prêmio Luiz Jardim - UBE / Altamente Recomendável para Jovens, FNLIJ 
A Menina dos Olhos Mágicos - Prêmio Luiz Jardim - UBE / Altamente Recomendável para Jovens, FNLIJ 
Prazeres do Pê - Prêmio Luiz Jardim - UBE / Altamente Recomendável para Jovens, FNLIJ 
Nas Pernas da Mentira - Prêmio Luiz Jardim - UBE / Altamente Recomendável para Jovens, FNLIJ 
A Parceria -Altamente Recomendável para Jovens, FNLIJ

Obras em Destaque

  • imagem

    A Morte do Calouro

    Rocco - 2011 - 208 págs.


Sobre a Agência Riff
imagem

Inaugurada em 1991, a Riff representa grandes nomes da literatura brasileira e as principais editoras e agências literárias estrangeiras no Brasil e em Portugal. Saiba mais.




2011 Agência Riff todos os direitos reservados - agenciariff@agenciariff.com.br Guilhotina Design