sábado 16 de dezembro




Elio Gaspari

Elio Gaspari
 
Nascido em Nápoles, na Itália, veio ainda criança para o Rio de Janeiro. Iniciou sua carreira jornalística, no semanário Novos Rumos; depois, tornou-se auxiliar do colunista social Ibrahim Sued, passando pela redação de publicações como Diário de São Paulo, Veja e Jornal do Brasil. 
 
Em 1984, conseguiu uma bolsa de estudos com duração de três meses no Wilson Center for International Scholars e fez uma pesquisa sobre duas personalidades marcantes do período da ditadura militar brasileira: os generais Ernesto Geisel (1907-1996) e Golbery do Couto e Silva (1911-1987). Seus esforços resultaram em quatro livros-reportagem, divididos em duas partes, considerados fundamentais para o entendimento do que foi o golpe de 1964: As ilusões armadas: A ditadura envergonhada (2002),As ilusões armadas: A ditadura escancarada (2002), O Sacerdote e o Feiticeiro: A ditadura derrotada (2003) e O Sacerdote e o Feiticeiro: A ditadura encurralada (2004). Pelos dois primeiros, recebeu o Prêmio de Melhor Ensaio da Academia Brasileira de Letras, em 2003.
 
É colunista da Folha de São Paulo desde 1996 e seus artigos são difundidos para outros jornais, entre os quais O Globo e Correio do Povo.
 
Obras
 
Não Ficção: Ensaios, História, Biografias
A Ditadura Envergonhada (464 págs.) – 2002, 2014, Intrínseca
A Ditadura Escancarada (560 págs.) – 2002, 2014, Intrínseca
A Ditadura Derrotada (580 págs.) – 2003, 2014, intrínseca
A Ditadura Encurralada (560 págs.) – 2004, 2014, Intrínseca
A Ditadura Acabada (448 págs.) – 2016, Intrínseca 
2002 - A ditadura envergonhada2002 - A ditadura escancarada2002 - A ditadura Derrotada2002 - A Ditadura Encurralada2002 - A Ditadura Acabada
 
 

Obras em Destaque

  • imagem

    Série DITADURA

    Intrínseca - 2014 - 500 págs.

     

    Durante os últimos trinta anos, o jornalista Elio Gaspari reuniu documentos até então inéditos e fez uma exaustiva pesquisa sobre o governo militar no Brasil. O resultado desse meticuloso trabalho gerou um conjunto de quatro volumes que compõe uma obra sobre a história recente do país. A obra é dividida em dois conjuntos - 'As ilusões armadas' e 'O sacerdote e o feiticeiro'. 'As ilusões armadas' reúne os livros 'A ditadura envergonhada' e 'A ditadura escancarada'. Nos primeiros anos após o golpe de 1964, o governo militar ainda relutava em se assumir como uma ditadura, daí o título 'A ditadura envergonhada'. Mas com a edição do AI-5, no final de 1968, que suspendeu direitos constitucionais, ela se revela. Em 'A ditadura escancarada', são reconstituídos os momentos mais tenebrosos do regime, como a prática da tortura contra os opositores do regime e a violência empregada contra os guerrilheiros do Araguaia, um dos últimos núcleos de resistência política.


Sobre a Agência Riff
imagem

Inaugurada em 1991, a Riff representa grandes nomes da literatura brasileira e as principais editoras e agências literárias estrangeiras no Brasil e em Portugal. Saiba mais.




2011 Agência Riff todos os direitos reservados - agenciariff@agenciariff.com.br Guilhotina Design