Adriana Falcão

Sobre a autora

A roteirista e escritora Adriana Falcão, nascida em 1960, é carioca, mas foi o Recife, onde passou a maior parte de sua juventude, que lhe deu régua e compasso. Formou-se em Arquitetura, profissão que nunca exerceu, e trabalhou como redatora publicitária. Já adulta, retornou ao Rio de Janeiro, onde conheceu o diretor Guel Arraes que a convidou para colaborar com o programa de televisão A comédia da vida privada.

A partir daí, passou a escrever roteiros cheios de humor e referências regionais, entre eles o do filme O Auto da Compadecida, baseado no livro de Ariano Suassuna, um dos maiores sucessos do cinema nacional dos anos 2000. É também uma das autoras de A grande família, série televisiva exibida na Rede Globo por mais de uma década. Estreou na literatura com A máquina (Objetiva), em 1999. O livro ganhou projeção em todo o país após as adaptações realizadas por João Falcão para o teatro, em uma produção que lançou nacionalmente os atores Lázaro Ramos, Wagner Moura e Vladimir Brichta, e também para o cinema. Adriana escreveu crônicas para a revista Veja Rio, posteriormente compiladas no livro O homem que só tinha certezas (Planeta), e foi colunista do jornal Estadão.

Com um texto criativo e poético, lançou-se em 2001 como autora de livros infantojuvenis, entre os quais o best-seller Mania de explicação (Salamandra), em que, a partir das perguntas corriqueiras da infância, como “por que isso?” ou “o que é aquilo?”, criou respostas singelas e imaginativas. A obra também ganhou uma versão para o teatro encenada por Luana Piovani e dirigida por Gabriel Villela. Depois vieram outros sucessos no gênero, como Luna Clara e Apolo Onze, publicado também no exterior, PS beijei, em coautoria com Mariana Verissimo, e Valentina cabeça na lua, todos eles lançados pela Salamandra. A escritora fez também incursões na poesia, em contos e crônicas, em romances e na não ficção.

A cada livro, Adriana deixa a marca de seu humor inteligente e leve, ou como descreveu o escritor e jornalista Luis Fernando Verissimo: A prosa de Adriana tem sortilégio. A gente se encanta com ela no sentido de se deliciar, mas também no sentido de cobra hipnotizada. De chegar ao fim e não saber bem o que nos aconteceu.”

 


Citações

“Adriana mostra que é possível fazer uma obra juvenil de alto nível, simplificando a sofisticação ou sofisticando a simplicidade. A receita mistura não apenas um recheio suculento (uma boa história) como também um desenho inovador (a forma).”
Cláudia Nina, jornalista e escritora, sobre a obra infantil de Adriana Falcão

“O livro ‘Mania de explicação’, de Adriana Falcão, é um verdadeiro dicionário que permite aos pais perceber como usar a linguagem para que a criança compreenda o que eles querem dizer.”
Folha de S. Paulo, sobre Mania de explicação (Salamandra)

“A prosa de Adriana tem sortilégio. A gente se encanta com ela no sentido de se deliciar, mas também no sentido de cobra hipnotizada. De chegar ao fim e não saber bem o que nos aconteceu.”
Luis Fernando Verissimo, sobre Adriana Falcão

 


Leia mais

Matéria da Folha de S. Paulo sobre Queria ver você feliz (Intrínseca)

Entrevista de Adriana Falcão para o Programa do Jô sobre Queria ver você feliz (Intrínseca)

Entrevista de Adriana Falcão para a Folha de S. Paulo sobre A gaiola (Salamandra)


Share

Vídeos

  • O Doido da Garrafa
    Contos e Crônicas
    128 págs, 2003/2014, Salamandra.
  • Queria ver você feliz
    Romance
    160 págs, 2014, Intrínseca.
  • Valentina Cabeça na Lua
    Infantil e Juvenil
    32 págs, 2013, Salamandra.
  • A Gaiola
    Infantil e Juvenil
    32 págs, 2013, Salamandra.
  • Contos de Estimação
    Infantil e Juvenil
    48 págs, 2013, Objetiva.
  • Procura-se um amor
    Contos e Crônicas
    96 págs, 2013, Salamandra.
  • A Máquina
    Romance
    80 págs, 2006/2013, Salamandra.
  • Luna Clara e Apolo Onze
    Infantil e Juvenil
    202 págs, 2011, Salamandra.
  • Pequeno Dicionário de Palavras ao Vento
    Poesia
    116 págs, 2003/2011, Salamandra.
  • A Comédia dos Anjos
    Romance
    142 págs, 2004/2010, Salamandra.
  • A Arte de Virar a Página
    Poesia
    108 págs, 2009, Objetiva.
  • Sete Histórias para Contar
    Infantil e Juvenil
    48 págs, 2008, Salamandra.
  • Sonho de uma Noite de Verão
    Romance
    150 págs, 2007, Objetiva.
  • O Homem que só tinha Certezas
    Contos e Crônicas
    71 págs, 2006, Planeta.
  • A Tampa do Céu
    Infantil e Juvenil
    32 págs, 2005, Salamandra.
  • Mania de Explicação
    Infantil e Juvenil
    48 págs, 2001, Salamandra.