Marina Colasanti

Sobre a autora

Marina Colasanti nasceu em 1937 na cidade de Asmara, capital da Eritreia. Residiu posteriormente em Trípoli, na Líbia, mudou-se para Itália e, em 1948, transferiu-se com a família para o Brasil, onde vive até hoje na cidade do Rio de Janeiro. É casada com o também escritor Affonso Romano de Sant’Anna e tem duas filhas, Fabiana e Alessandra Colasanti. Ingressou ainda jovem no Jornal do Brasil, dando início a uma longa e inovadora carreira de jornalista e cronista, tendo trabalhado também em revistas femininas da Editora Abril. Desenvolveu atividades na televisão, editando e apresentando programas culturais. Foi publicitária e traduziu autores renomados da literatura universal, vertendo para o português obras do inglês, do francês e do italiano.

Seu primeiro livro, Eu sozinha (Global), foi publicado em 1968 e, desde então, nunca mais deixou de escrever, construindo uma carreira literária de enorme sucesso. Com uma obra versátil e extensa, que hoje reúne mais de setenta títulos, Marina passeia com igual desenvoltura pela poesia, contos, crônicas, romances, livros para crianças e jovens e ensaios sobre os temas mais diversos.

Por meio de sua literatura, retomou a atividade de artista plástica, sua primeira formação, tornando-se a ilustradora de boa parte de sua própria obra. Seus livros têm sido tema de numerosas teses universitárias e muitos de seus títulos foram publicados no exterior, em países como Estados Unidos, Espanha, Argentina, Colômbia e Cuba. Em reconhecimento à sua contribuição literária para o público infantil, recebeu no México em 2017, na ocasião de seus 80 anos, o Prêmio Iberoamericano SM de Literatura Infantil e Juvenil, distinção até então alcançada no Brasil somente por Bartolomeu Campos de Queirós e Ana Maria Machado.

Também por aqui Marina é uma das mais premiadas escritoras da atualidade, detentora de vários Jabutis, do APCA, do Prêmio da Biblioteca Nacional para poesia, entre outros. Tornou-se hors-concours da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), após ter sido várias vezes premiada, e, em 2018, foi finalista do Hans Christian Andersen, o Nobel da Literatura Infantil. Ainda hoje participa ativamente de congressos, simpósios, cursos e feiras literárias no Brasil e em outros países.

 


 

Citações

“Um livro instigante, cuja leitura, virada a última página, adere ao pensamento e fica. Ou melhor, finca raízes de ideias e sensações que frutificam.”
Estadão, sobre 23 Histórias de um viajante (Global)

“O livro não tem codificações acadêmicas, nem o entrave do erudito. Os ensaios ganham a dimensão do afeto nesta viagem pelos territórios da leitura.”
O Globo, sobre Fragatas para terras distantes (Record) 

“Das crônicas e contos publicados no Jornal do Brasil e na revista Nova às histórias infanto-juvenis e de poesia, a literatura se instalou e rendeu mais de 70 livros. Marina já ganhou prêmios como o Jabuti (seis, no total), o Portugal Telecom (hoje Oceanos), o Origenes Lessa (três) e outros que fazem parte de uma lista de 44 premiações.”
Correio Braziliense, sobre Marina Colasanti 

“Sabe quando você se apaixona por um livro logo nas primeiras linhas, antes de virar a primeira página? Pois foi o que aconteceu com ‘Breve história de um pequeno amo’r, da escritora Marina Colasanti e da ilustradora argentina Rebeca Luciani.”
Estadão, sobre Breve história de um pequeno amor (FTD)

 


 

Leia mais

Matéria da Folha de S. Paulo indicando dez títulos da obra infantil de Marina Colasanti

Matéria do Estadão sobre a reedição de Eu sozinha (Global)


Share

Vídeos

  • Mais longa vida
    Poesia
    160 págs, 2020, Record.
  • E por Falar em Amor
    Ensaio e Crítica
    1984/1992/prelo, Planeta.
  • A Amizade Abana o Rabo
    Infantil e Juvenil
    44 págs, 2002/2019, Imperial Novo Milênio.
  • A Cidade dos Cinco Ciprestes
    Contos e Crônicas
    56 págs, 2019, Global.
  • Eu Sozinha
    Biografia e Memórias
    120 págs, 1968/2018, Global.
  • Quando a primavera chegar
    Infantil e Juvenil
    112 págs, 2017, Global.
  • Tudo tem princípio e fim
    Poesia
    80 págs, 2017, Escarlate.
  • Um Amigo para Sempre
    Infantil e Juvenil
    96 págs, 1988/2016, FTD.
  • Melhores Crônicas
    Contos e Crônicas
    288 págs, 2016, Global.
  • Mais de 100 Histórias Maravilhosas
    Infantil e Juvenil
    432 págs, 2015, Global.
  • Como uma Carta de Amor
    Infantil e Juvenil
    80 págs, 2014, Global.
  • A Mão na Massa
    Infantil e Juvenil
    48 págs, 1990/2010/2014, Rovelle.
  • Breve História de um pequeno Amor
    Infantil e Juvenil
    48 págs, 2013, FTD.
  • Hora de Alimentar Serpentes
    Contos e Crônicas
    448 págs, 2013, Global.
  • A Casa das Palavras
    Infantil e Juvenil
    104 págs, 2002/2012, Ática.
  • O Nome da Manhã
    Poesia
    60 págs, 2012, Global.
  • Como se fizesse um cavalo
    Ensaio e Crítica
    80 págs, 2012, Pulo do Gato.
  • Crônicas para Jovens
    Contos e Crônicas
    102 págs, 2012, Global.
  • Antes de Virar Gigante
    Infantil e Juvenil
    104 págs, 2010, Ática.
  • Classificados e nem tanto
    Infantil e Juvenil
    102 págs, 2010, Record.
  • Minha Guerra Alheia
    Ensaio e Crítica
    286 págs, 2010, Record.
  • Contos de Amor Rasgados
    Contos e Crônicas
    208 págs, 1986/2010, Record.
  • Entre a Espada e a Rosa
    Infantil e Juvenil
    72 págs, 1992/2009, Melhoramentos.
  • Do Seu Coração Partido
    Infantil e Juvenil
    96 págs, 2009, Global.
  • Com Certeza tenho Amor
    Infantil e Juvenil
    96 págs, 2009, Global.
  • O Homem Que Não Parava de Crescer
    Infantil e Juvenil
    48 págs, 1995/2005/2009, Global.
  • Ofélia, a Ovelha
    Infantil e Juvenil
    16 págs, 1989/2003/2009, Global.
  • Um Amor Sem Palavras
    Infantil e Juvenil
    16 págs, 1995/2001/2009, Global.
  • Doze Reis e a Moça no Labirinto do Vento
    Infantil e Juvenil
    96 págs, 1982/2001/2009, Global.
  • Passageira em Trânsito
    Poesia
    123 págs, 2009, Record.
  • O Lobo e o Carneiro no Sonho da Menina
    Infantil e Juvenil
    24 págs, 1985/2008, Global.
  • Poesia em 4 Tempos
    Poesia
    45 págs, 2008, Global.
  • Minha tia me contou
    Infantil e Juvenil
    112 págs, 2007, Melhoramentos.
  • A Menina Arco-íris
    Infantil e Juvenil
    32 págs, 1984/2001/2007, Global.
  • Minha Ilha Maravilha
    Infantil e Juvenil
    40 págs, 2007, Ática.
  • Uma Ideia Toda Azul
    Infantil e Juvenil
    61 págs, 1979/2006, Global.
  • Os Últimos Lírios no Estojo de Seda
    Contos e Crônicas
    120 págs, 2006, Leitura.
  • Uma Estrada Junto ao Rio
    Infantil e Juvenil
    32 págs, 1985/2005, FTD.
  • 23 Histórias de Um Viajante
    Novela
    223 págs, 2005, Global.
  • Fino Sangue
    Poesia
    130 págs, 2005, Record.
  • A Moça Tecelã
    Infantil e Juvenil
    16 págs, 2004, Global.
  • Fragatas para Terras Distantes
    Ensaio e Crítica
    256 págs, 2004, Record.
  • A Morada do Ser
    Contos e Crônicas
    128 págs, 2004, Record.
  • Penélope manda Lembranças
    Contos e Crônicas
    120 págs, 2001, Ática.
  • O Verde Brilha no Poço
    Infantil e Juvenil
    16 págs, 1986/2001, Global.
  • Cada Bicho Seu Capricho
    Infantil e Juvenil
    16 págs, 1992/2000, Global.
  • O Menino que achou uma Estrela
    Infantil e Juvenil
    16 págs, 1988/2000, Global.
  • Esse Amor de Todos Nós
    Ensaio e Crítica
    232 págs, 2000, Rocco.
  • Um Espinho de Marfim
    Contos e Crônicas
    188 págs, 1999, L&PM.
  • Gargantas Abertas
    Poesia
    124 págs, 1998, Rocco.
  • O Leopardo é um Animal Delicado
    Contos e Crônicas
    152 págs, 1998, (dir.revertidos).
  • Longe Como o Meu Querer
    Infantil e Juvenil
    136 págs, 1997, Ática.
  • De Mulheres, sobre Tudo
    Ensaio e Crítica
    208 págs, 1995, Ediouro (dir.revertidos).
  • Eu Sei, mas não Devia
    Contos e Crônicas
    192 págs, 1995, (dir.revertidos).
  • Ana Z, aonde vai Você?
    Infantil e Juvenil
    88 págs, 1993, Ática.
  • Rota de Colisão
    Poesia
    118 págs, 1993, Rocco (dir. revertidos).
  • Intimidade Pública
    Ensaio e Crítica
    264 págs, 1990, (dir.revertidos).
  • Será que tem Asas?
    Infantil e Juvenil
    16 págs, 1989, Quinteto (dir.revertidos).
  • Aqui entre Nós
    Ensaio e Crítica
    187 págs, 1988, (dir.revertidos).
  • Mulher daqui pra frente
    Estudos sociais, Política e Cultura
    197 págs, 1981, Nórdica (dir.revertidos).
  • A Nova Mulher
    Ensaio e Crítica
    204 págs, 1980, Nórdica (dir.revertidos).
  • Nada na Manga
    Contos e Crônicas
    183 págs, 1975, Nova Fronteira (dir.revertidos).
  • Zooilógico
    Contos e Crônicas
    147 págs, 1975, Imago (dir.revertidos).