Genêro do Autor: Estudos sociais, Política e Cultura

Sueli Carneiro

2 de setembro de 2020

Sobre a autora

Nascida em 1950 na capital paulista, onde ainda reside, Sueli Carneiro é uma das principais vozes contemporâneas do Brasil na luta pela igualdade racial e pelo direito das mulheres. Filósofa, doutora em Educação pela Universidade de São Paulo, é coordenadora-executiva do Geledés Instituto da Mulher Negra e editora do Portal Geledés, além de fellow da Ashoka Empreendedores Sociais. Por sua importante contribuição social, recebeu inúmeras distinções dentro e fora do país, com destaque para o Prêmio Direitos Humanos da República Francesa, o Prêmio Benedito Galvão, da Ordem dos Advogados do Brasil, e o Bertha Lutz, concedido pelo Senado Federal.

Sueli é também integrante do Conselho Curador da Fundação Tide Setubal, do Conselho Deliberativo do Fundo Baobá para a Equidade Racial, do Conselho Deliberativo da Conectas Direitos Humanos e da Anistia Internacional Brasil. É autora de diversos artigos sobre as questões de gênero, raça e direitos humanos em publicações nacionais e internacionais. “Escritos de uma vida” (Pólen Livros), obra lançada em 2018 com prefácio de Conceição Evaristo e apresentação de Djamila Ribeiro, é seu livro mais recente e reúne uma seleção de artigos publicados ao longo de sua trajetória que refletem sobre a necessidade de se pensar novos marcos civilizatórios.

É também autora de “Racismo, sexismo e desigualdade no Brasil: Consciência em Debate” (Editora Selo Negro), que engloba inúmeros artigos publicados na imprensa brasileira entre 2001 e 2010. A obra, publicada dentro da Coleção Consciência em Debate, reflete criticamente a sociedade brasileira, explicitando de forma contundente como o racismo e o sexismo têm estruturado as relações sociais, políticas e de gênero.

 


Citações

“Impossível falar de militância feminista e antirracista no Brasil sem fazer referência, e prestar reverência, a Sueli.”
Bianca Santana, escritora e jornalista, sobre Sueli Carneiro

“Simplesmente não teria chegado aonde cheguei se não fosse por Sueli Carneiro, que completou 70 anos no dia 24 de junho [de 2020].”
Djamila Ribeiro, filósofa e escritora, sobre Sueli Carneiro

“A obra de Sueli Carneiro como fonte de produção científica e intelectual, e também de ação política feminista, é um instrumento de transformação social profunda. Sueli Carneiro reflete sobre o mundo.”
Juliana Borges, escritora e colunista da revista Cláudia, sobre Sueli Carneiro

 


Leia mais

Entrevista de Sueli Carneiro para o podcast da Folha de S. Paulo

Entrevista de Sueli Carneiro para a revista Marie Claire

Entrevista de Sueli Carneiro para a revista Cult

Djamila Ribeiro indica na revista Marie Claire a leitura de Escritos de uma vida (Pólen)

Coluna da Revista Cláudia sobre Sueli Carneiro

 

Luana Génot

27 de agosto de 2020

Sobre a autora

Nascida no Rio de Janeiro em 1989, formada em Publicidade pela PUC-Rio, com pós-graduação em Marketing e Comunicação pelo IED-Rio e mestre em Relações Étnico-Raciais pelo CEFET-RJ, Luana Génot é a fundadora e a diretora-executiva do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR) e publicou, em 2019, o livro Sim à igualdade racial pela Editora Pallas. É mãe da pequena Alice, adora chocolate e viajar por aí.

Luana é também colunista fixa da Revista Ela, publicada aos domingos por O Globo, já colaborou para os veículos de imprensa Folha de S. Paulo, Meio e Mensagem, além das revista Claudia e GQ. No LinkedIn, foi alçada à categoria Top Voice 2019. A autora é ainda professora convidada de Inovação Social pelo IED-RIO e foi bolsista do Ciências Sem Fronteiras CAPES na University of Wisconsin–Madison, onde se especializou em pesquisa na área de raça, etnia e mídia. Integra atualmente a Rede de Responsible Leaders da BMW Foundation e o Conselho da Comunidade B Rio de Janeiro, parte do Sistema B.

Trabalhou na Burrell/Publicis Chicago na área de planejamento estratégico e como voluntária na campanha de Barack Obama, além de ter passado pelos departamentos de Marketing em multinacionais da área de beleza e entretenimento. Foi também modelo publicitária e de passarela. Desenvolve ainda a curadoria de eventos, além da gestão de projetos sobre raça e etnia, equidade de gênero, diversidade e inclusão, empreendedorismo e empoderamento da juventude periférica.

 


Citações

“O livro é resultado da dissertação de mestrado de Luana Génot em Relações Étnico-raciais e traz análises da autora, que é diretora executiva do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), e 16 depoimentos de pessoas de diferentes perfis. A obra defende que a igualdade racial é peça-chave para o crescimento das empresas e sua diversidade.”
Coluna Babel/Estadão sobre Sim à igualdade racial (Pallas)

“’Sim à Igualdade Racial: Raça e Mercado de Trabalho’ aborda a desigualdade racial no mercado de trabalho no Brasil. Luana Génot, diretora-executiva do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR),  traz 16 depoimentos de pessoas, entre CEO de empresas e trainees, atores e jornalistas, que abordam sobre a desigualdade no ambiente corporativo.”
Revista Máxima sobre Sim à igualdade racial (Pallas)

 

 


Leia mais

Entrevista de Luana Génot para o programa Encontro com Fátima Bernardes/TV Globo

Matéria sobre Luana Génot e o ID_BR para o Portal UOL

Perfil de Luana Génot na Revista Vogue

Luana Génot no TEDxSaoPauloSalon