29 de março de 2020

Matias na cidade

Matias gostaria de ser fiel a sua mulher, Susana, mas nunca conseguiu. No primeiro ano de casamento, foi para a cama com a secretária de um colega e com uma ex-namorada que encontrou, por acaso, no Aeroporto de Congonhas. Recaiu em tentação inúmeras outras vezes nos anos que se seguiram.” Este é Matias Grappeggia: hipocondríaco, solitário e mulherengo. Um homem comum, que poderia estar nas ruas de qualquer metrópole a caminho do escritório. Casado há vinte e quatro anos, considera sua vida equilibrada. Bem-sucedido, já não tem mais ambições de felicidade pessoal.

 

Depois de uma aventura sexual com uma desconhecida, Matias Grappeggia dorme por quase trinta horas seguidas. Acorda, sozinho e nauseado, em um quarto de hotel, sem lembrar-se da mulher que o levou à cama na qual despertou. Nos três dias seguintes, este homem vai reviver memórias, observar pessoas e descobrir mais do que gostaria sobre ele mesmo. Na busca inconsciente dessa mulher, atravessa a cidade de São Paulo e conduz o leitor pelos fatos que determinarão sua vida. Nesse percurso, encontrará Salete, uma pessoa de uma realidade ignorada, existente apenas em um desvão de suas fantasias.

 

Alternando suspense e humor, lirismo e tensão, Matias na cidade prende o leitor desde a primeira página. Em estilo claro e direto, Alexandre Vidal Porto narra as impossibilidades e contradições entre um homem, uma mulher e um casamento. Com ironia e sensibilidade, deixa claro que mesmo as superfícies mais plácidas podem ocultar impulsos turbulentos e indomesticáveis. O autor constrói, com ritmo vigoroso e linguagem forte, uma pequena tragédia burguesa sem chances de fuga.


Share

Outras Notícias

Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Luis Fernando Verissimo: […]

leia mais
Uma vibração de claridade impiedosa

Por Moacyr Godoy Moreira* (Resenha de Em Plena Luz, de Tércia […]

leia mais
Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Noemi Jaffe: Em […]

leia mais