18 de novembro de 2014

O Voo da Guará Vermelha

“Maria Valéria Rezende costura uma narrativa ao mesmo tempo sofisticada e simples, como só aos grandes escritores é dado saber, uma mistura de elementos mágicos da cultura popular (os romances de cordel) e da erudita (com o explícito diálogo com D. Quixote e as aventuras das Mil e Uma Noites)”, disse o escritor e jornalista Luiz Ruffato.
Irene é uma mulher que chega do Norte e, em São Paulo, vem a se tornar uma prostituta soropositiva. Rosálio é um servente de pedreiro, analfabeto, que vive na cidade grande. Um dia, por acaso, os dois se encontram. Ele, necessitado de alguém que o ouça. Ela, de alguém que sinceramente a deseje. Eles compreendem e amalgamam suas misérias e trazem fantasia para a realidade, tornando os dias mais suportáveis.
Os personagens desta obra sobrevivem na obscuridade humana, anônimos, mas intensos nos seus sonhos de um dia viver, porque não?, como os outros vivem, com alegria e alguma esperança. Irene e Rosálio têm muito o que entender e ensinar um ao outro – até que a linda guará vermelha consiga alçar vôo. Este livro envolve o leitor com sua musicalidade, sua originalidade, sua linguagem bem trabalhada, precisa e poética.
“Um livro sóbrio e envolvente. Um hino à vida, à beleza e ao amor, completamente desprovido da pieguice em que geralmente se banham romances que fazem desas matérias inconsúteis (amor, beleza e vida) a carpintaria da história que contam. Um belo livro!”
O Estado de São Paulo
“Um livro que toca o coração do leitor. (…) O encontro de Rosálio e Irene provoca a retomada (ou descoberta) do sentido de humanidade em ambos”
Jornal do Brasil

Share

Outras Notícias

Para celebrar Carlos Drummond de Andrade

Por Felipe Maciel Inspirado em iniciativas como o Bloomsday, que celebra […]

leia mais
Marcela Dantés vasculha silêncios em seu primeiro romance

Por Felipe Maciel “Mulher é encontrada mumificada em apartamento cinco anos […]

leia mais
O legado de Oswald de Andrade

Por Felipe Maciel Oswald de Andrade se propôs a mudar o […]

leia mais