15 de novembro de 2009

Os Aparados

Para proteger a neta adolescente, grávida de sete meses, Marcus decide levá-la para o sítio autossustentável que construiu. Lá, o frágil relacionamento de avô e neta será testado e os dois terão que aprender a ceder para sobreviver em um mundo à beira do caos.
A história centrada no ambiente familiar tem como pano de fundo um mundo apocalíptico, de saques, desabamentos e corpos boiando sob a chuva incessante; que sofre as conseqüências do aquecimento global. Em Os aparados, Letícia, mãe de dois filhos, mistura bem problemas familiares e preocupações ambientais.
Isolados na montanha, de frente para um cânion, avô e neta entram numa espécie de acerto de contas de gerações. “Queria escrever um romance que olhasse para frente”, diz a autora.

Share

Outras Notícias

Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Luis Fernando Verissimo: […]

leia mais
Uma vibração de claridade impiedosa

Por Moacyr Godoy Moreira* (Resenha de Em Plena Luz, de Tércia […]

leia mais
Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Noemi Jaffe: Em […]

leia mais