Antonio Prata

Sobre o autor

Escritor, cronista e roteirista, Antonio Prata nasceu em São Paulo, em 1977. Entre 2001 e 2008, publicou crônicas na revista Capricho, voltada para o público adolescente. Já nessa fase, conquistou os leitores com um estilo marcante, que se tornaria referência para toda uma geração.

Uma das coletâneas famosas de sua autoria, Meio intelectual, meio de esquerda, lançada pela Editora 34, reúne textos publicados em periódicos, e alguns deles, como o que dá nome ao livro, são hoje reconhecidos como clássicos do autor. Colaborou também para O Estado de S. Paulo, além de ter escrito séries para a Rede Globo, HBO, MTV e Multishow. Há alguns anos assina uma coluna na Folha de S. Paulo, e é apontado como uma das grandes vozes da atual safra de escritores nacionais. Em 2012, foi selecionado para a edição brasileira da revista Granta como um dos 20 melhores escritores nacionais com menos de 40 anos.

Em parceria com Chico Mattoso, escreveu o episódio dirigido por Fernando Meirelles no filme Rio, eu te amo, além de ter participado da equipe de roteiristas das novelas Bang Bang, de 2006, e Avenida Brasil, de 2012, da Rede Globo. É filho dos também escritores Mário Prata e Marta Góes.

 


Citações

“Trinta e poucos” é um mosaico com os melhores textos do cronista, cultivador em atividade do gênero: a crônica – consagrada por gigantes como Rubem Braga, Paulo Mendes Campos, Fernando Sabino e Nelson Rodrigues.”
Jornal GGN, sobre Trinta e poucos (Companhia das Letras)

“De uns anos para cá, jornais impressos brasileiros viram reduzir sua quantidade de páginas e de leitores, que migraram, em partes, para telas de computadores e celulares. Mas a crônica sobrevive. (…) E há uma lista grande de cronistas no país que estão na ativa. Antonio Prata é um dos nomes indispensáveis dessa lista.”
Jornal Rascunho, sobre Antonio Prata

 


Leia mais

Matéria da Folha de S. Paulo sobre Trinta e poucos (Companhia das Letras) 

Entrevista de Antonio Parata para a Trip TV sobre Trinta e poucos (Companhia das Letras)

Entrevista de Antonio Prata para Drauzio Varella

 


Share

Vídeos

  • Esconde-esconde
    Infantil e Juvenil
    prelo, UBU Editora.
  • Moletom
    Contos e Crônicas
    prelo, Companhia das Letras.
  • Jacaré, não!
    Contos e Crônicas
    48 págs, 2016, UBU Editora.
  • Trinta e Poucos
    Contos e Crônicas
    230 págs, 2016, Companhia das Letras.
  • Nu de botas
    Contos e Crônicas
    150 págs, 2013, Companhia das Letras.
  • Felizes quase sempre
    Infantil e Juvenil
    36 págs, 2012, Editora 34.
  • Meio intelectual, meio de esquerda
    Contos e Crônicas
    176 págs, 2010, Editora 34.
  • Adulterado
    Contos e Crônicas
    128 págs, 2009, Moderna.
  • O inferno atrás da pia
    Contos e Crônicas
    107 págs, 2004, Objetiva.
  • As pernas da tia Coralia
    Contos e Crônicas
    108 págs, 2003, Objetiva.
  • Estive pensando
    Contos e Crônicas
    109 págs, 2003, Marco Zero.
  • Douglas e outras histórias
    Contos e Crônicas
    108 págs, 2001, Azougue Editorial.