Paulo Cesar de Araújo

Sobre o autor

O jornalista, historiador e escritor Paulo Cesar de Araújo nasceu em Vitória da Conquista, na Bahia, em 1962, e mora no Rio de Janeiro, onde trabalha como professor e de Comunicação Social na PUC-Rio e de História na FAETEC. Formado em Jornalismo pela PUCRio e em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF), é também Mestre em Memória Social pela Uni-Rio e pesquisador da memória da música popular brasileira.

Escreveu Eu não sou cachorro, não – Música popular cafona e ditadura militar (Record, 2002), obra em que revelou a censura à música brega durante a ditadura. É também autor da biografia Roberto Carlos em detalhes (Planeta, 2006), em que narra a trajetória desde a infância de um dos maiores ídolos do país. O livro gerou uma enorme polêmica no país, com grande repercussão na imprensa brasileira, quando o cantor reivindicou a proibição de sua biografia e obteve na Justiça a apreensão dos exemplares em todas as livrarias do país, provocando o debate nacional sobre o direito à liberdade de expressão e a prática de censura em um Estado Democrático.

Quase uma década depois da publicação da obra, o tema foi pacificado com a decisão histórica do Supremo Tribunal Federal a favor da liberação do livro, excluindo também a exigência prévia de autorização para biografias não autorizadas. O caso e os bastidores da disputa judicial entre o biógrafo e o biografado motivaram Paulo Cesar Araújo a escrever um segundo livro. O réu e o rei – meu caso com Roberto Carlos, em detalhes, publicado pela Companhia das Letras em 2014, esmiúça a guerra jurídica travada para assegurar a liberdade de expressão de jornalistas, historiadores e escritores contra a ameaça do controle de acesso à informação por quem quer que seja.
 


 

Citações

“‘O réu e o rei’ é uma defesa incisiva da liberdade dos biógrafos e, por extensão, do público leitor, que ganha em conhecimento da história quando pode encontrar, em livrarias e bibliotecas, obras que não se deixam cercear pelos transtornos e obsessões das celebridades biografadas.”
Veja, sobre O réu e o rei (Companhia das Letras)

“Com essa publicação, procuramos relembrar um período de injustiças na qual outros escritores e editores -é importante não deixar de citar Ruy Castro, que conosco pelejou na justiça por muitos anos para ter sua biografia de Garrincha circulando livremente- foram cerceados.”
Luiz Schwarcz, editor e presidente da Companhia das Letras, sobre O réu e o rei (Companhia das Letras), no Blog da Companhia das Letras

“‘O réu e o rei’ tornou-se um documento histórico que acelerou a aprovação da PL 393/2011, a lei que decretou a liberação das biografias brasileiras. Antes, o baiano Paulo César foi autor de um dos mais reveladores livros da canção brasileira: ‘Eu não sou cachorro não’.”
Revista Vice, sobre O réu e o rei (Companhia das Letras)

 


 

Leia mais

Entrevista de Paulo Cesar Araújo para O Globo sobre a disputa jurídica com Roberto Carlos

Matéria da Folha de S. Paulo sobre a decisão do STF a favor da liberação das biografias não autorizadas


Share

Vídeos

  • O Réu e o Rei
    Biografia e Memórias
    528 págs, 2014, Companhia das Letras.
  • Roberto Carlos Em Detalhes
    Biografia e Memórias
    502 págs, 2006, Planeta.
  • Eu Não Sou Cachorro, Não
    Música
    448 págs, 2002, Record.