10 de novembro de 2016

A Distância das Coisas

A distância das coisas conta, em primeira pessoa, a história de Pedro, que perdeu seu pai quando ainda era pequeno e, agora, aos 14 anos é avisado pelo tio que sua mãe não sobreviverá a um acidente de carro. Sem ter permissão para acompanhar o enterro, Pedro passa a questionar se a mãe realmente morreu e começa a remexer as memórias de sua vida. Vai, ainda, atrás do ex-namorado da mãe, para resgatar os momentos que passou com ela.
A técnica narrativa do autor provoca um forte sentimento de identificação com o protagonista. O leitor passa a acompanhar de perto suas dúvidas, angústias e projetos. Cria-se uma atmosfera de suspense que aos poucos é resolvida com as estratégias elaboradas por Pedro para saber a verdade. Um drama narrado com beleza e sensibilidade.

Share

Outras Notícias

Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Ilona Szabó de […]

leia mais
Nova Fronteira reedita dois clássicos de Rubem Fonseca

Com novo projeto gráfico e prefácios e posfácios inéditos, obras exibem […]

leia mais
A crise democrática no Brasil e no mundo

Ilona Szabó analisa em seu novo livro as principais ameaças para […]

leia mais