26 de novembro de 2005

Bellini e os espíritos

Um misterioso envelope é deixado sob a porta da Agência Lobo de Detetives. Dentro dele, 5 mil dólares e uma denúncia de assassinato. A vítima é o advogado Arlindo Galvet, morto durante a corrida de São Silvestre, subitamente caído no asfalto, sem causa aparente.
Dividido entre seu cliente fantasmagórico, aventuras amorosas e confusões envolvendo a máfia chinesa, Bellini tem um árduo trabalho pela frente. Após perseguições pela Liberdade, o bairro oriental de São Paulo, e visitas a um centro espírita, ele começa a admitir que forças de outro mundo podem ajudá-lo a esclarecer esse crime aparentemente insolúvel.

Share

Outras Notícias

Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Luis Fernando Verissimo: […]

leia mais
Uma vibração de claridade impiedosa

Por Moacyr Godoy Moreira* (Resenha de Em Plena Luz, de Tércia […]

leia mais
Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Noemi Jaffe: Em […]

leia mais