Veronica Stigger

Sobre a autora

Veronica Stigger nasceu em 1973, em Porto Alegre. Desde 2001, mora em São Paulo. É escritora, crítica de arte e professora universitária. Cursou Jornalismo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É Mestre em Semiótica pela Unisinos e Doutora em Teoria e Crítica de Arte pela USP. Possui Pós-doutorado pela Università degli Studi di RomaLa Sapienza”, pelo Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC USP) e pelo Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp.

Coordena o curso de Criação Literária da Academia Internacional de Cinema e é professora nas Pós-Graduações em História da Arte e em Fotografia da FAAP e na Pós-Graduação em Formação de Escritores do Instituto Vera Cruz. Seu livro de estreia, O trágico e outras comédias, uma reunião de contos, foi publicado primeiramente em Portugal pela editora Angelus Novus, de Coimbra. No ano seguinte, ganhou uma edição brasileira pela 7Letras. Seu lançamento mais recente, Sombrio, ermo, turvo, — uma seleção de contos, causos, epifanias, poemas e textos de inspiração teatral — saiu em 2019 pela Todavia.

Sua obra literária explora as diferentes linguagens, desrespeitando propositalmente os limites de gênero e assumindo os mais diversos formatos: contos, poemas, peça teatral, legenda, anúncio publicitário ou palestra. No teatro, em 2013, assinou a dramaturgia da peça ¡Salta!, do Coletivo Teatro Dodecafônico, de São Paulo, e, naquele mesmo ano, teve textos de sua autoria adaptados para o palco no espetáculo Extraordinário cotidiano, apresentado em Curitiba, e no espetáculo Puzzle, por Felipe Hirsch, encenado em Frankfurt, São Paulo e no Rio de Janeiro.

 


 

Citações

“Sem que ninguém o diga, cabe ao leitor rever os fragmentos que haviam parecido tão irresponsavelmente despreocupados. (…) Chaplin então mostra que sempre o falseáramos quando não o compreendíamos próximos de Beckett, dramaturgo e prosador.”
Luiz Costa Lima, professor emérito da PUC-RJ e crítico literário, sobre Opisanie ?wiata (SESI-SP) para o Valor Econômico

“Singular e imaginativo, livro de Veronica Stigger é um alento. Um livro imaginativo e sem classificação provoca encontros imprevistos na recolha de imagens inventadas como fantasmagorias entre o vazio da História e o que a História não toca.”
Manoel Ricardo de Lima, escritor e poeta, sobre Opisanie ?wiata (SESI-SP) para O Globo

“Em certo sentido, a novela consegue realizar romanescamente o projeto antropofágico: Stigger encontrou a forma que faltava à prosa dos antropófagos.”
Alexandre Nodari, Professor de Literatura Brasileira e Teoria Literária da UFPR, sobre Opisanie ?wiata (SESI-SP)

 


 

Leia mais

Resenha de José Castello sobre Sombrio, ermo, turvo (Todavia) para o Estadão


Share

Vídeos

  • Sombrio Ermo Turvo
    Romance
    144 págs, 2019, Todavia.
  • Gran Cabaret Demenzial
    Contos e Crônicas
    128 págs, 2007/2018, Sesi.
  • Os anões
    Contos e Crônicas
    59 págs, 2010/2018, Sesi.
  • Opsanie swiata
    Romance
    158 págs, 2013/2018, Sesi.
  • Sul
    Contos e Crônicas
    96 págs, 2016, Editora 34.
  • Onde a onça bebe água
    Infantil e Juvenil
    32 págs, 2015/ prelo, Bazar do Tempo.
  • Minha novela
    Contos e Crônicas
    1 págs, 2013, Cultura e Barbárie.
  • Delírio de Damasco
    Contos e Crônicas
    80 págs, 2012, Cultura e Barbárie.
  • Massamorda
    Contos e Crônicas
    2011, Dobra.
  • Dora e o Sol
    Infantil e Juvenil
    20 págs, 2010, Editora 34.
  • O trágico e outras comédias
    Contos e Crônicas
    64 págs, 2004, 7 Letras.