15 de novembro de 2007

A Cara da Mãe

Nos dezenove contos do livro, as narrativas oscilam entre episódios cotidianos (a irmã mais velha cuida da caçula enquanto a mãe está fora; a babá conta à criança o drama de não poder ter filhos; marido e mulher em crise trocam acusações e impropérios) e extraordinários (durante o almoço de Páscoa, cada membro da família imagina epitáfios para si; a menina faz sala para o amante da mãe; Pedrinho visita o pai, um matador foragido).
Sob a aparente banalidade, o leitor percebe que algo profundo, enigmático e interessante está sendo dito. O mistério a ser decifrado é aquele mesmo de nosso dia-a-dia atribulado e reincidente. E a oralidade radical que perpassa as narrativas é um procedimento ficcional que investiga e reinventa a fala brasileira contemporânea, refletindo nossos traços sociais.

Share

Outras Notícias

Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Ilona Szabó de […]

leia mais
Nova Fronteira reedita dois clássicos de Rubem Fonseca

Com novo projeto gráfico e prefácios e posfácios inéditos, obras exibem […]

leia mais
A crise democrática no Brasil e no mundo

Ilona Szabó analisa em seu novo livro as principais ameaças para […]

leia mais