11 de novembro de 2003

Confidencial

Tenho direito a duas palavrinhas:
Sei que diário não é coisa que se exiba em público. Muito menos para tanta gente, que a gente nem conhece.
Neste livro eu conto parte do que vivi entre os 14 e os 15 anos.
Muita coisa foi criação da minha querida tia Ivana, a “autora de verdade”. Mas vocês podem ter certeza de que a maioria dos fatos aconteceu mesmo. E o principal: eu não sou só uma personagem! Tenho nome, endereço, CIC, RG e título de eleitor.
Mas fiquem sossegados: este não é um livro que traz receita pronta, nem modelo pré-fabricado de adolescente. Ele apontaos problemas para você mesmo busque as soluções que lhe pareçam melhores. Nada pior do que adulto buzinando regras na nossa cabeça.
No livro, a tia Ivana é a tia Bi, eu continuo sendo a Ana Laura.

Tudo bem que ela manteve meu nome. Este livro fala de uma aventura que todo jovem conhece (afinal, eu não sou a única “noiada” do planeta): problemas com os pais, brigas com o irmão, ciúmes das amigas, ficantes e tudo que a gente começa a enfrentar nessa fase da vida. Creiam, o que a gente passa é muito parecido, embora as saídas sejam várias e cada um tenha de encontrar a sua.

Ilustrado por Bianca Viani


Share

Outras Notícias

Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Luis Fernando Verissimo: […]

leia mais
Uma vibração de claridade impiedosa

Por Moacyr Godoy Moreira* (Resenha de Em Plena Luz, de Tércia […]

leia mais
Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Noemi Jaffe: Em […]

leia mais