16 de novembro de 2010

Multipla Escolha

Em Múltipla escolha, Lya indaga, debate e transgride com o fervor de alguém que refuta a mediocridade e escolhe a vida. Ela recorre à imagem do mundo como um teatro onde se desenrola o drama humano. No palco, espaço da nossa existência, há várias portas que podemos abrir, livremente. Mas costumamos ser esmagados por imposições sociais e mitos modernos, criados para abafar angústias que sentimos. Precisamos nos libertar para seguir o caminho de fato desejado, e não o imposto por estímulos externos.
A partir desse cenário, a autora convoca o leitor para o necessário ritual de pensar as múltiplas escolhas da vida. Ela aborda, com lucidez e clareza, elementos-chave do nosso cotidiano, como velhice e juventude, novos dilemas e tabus da sexualidade, as transformações da família, comunicação virtual, fronteiras entre o público e o privado, violência, drogas, ética e afetos. Um belo ensaio que reflete os caminhos do nosso tempo.
O Estado de S. Paulo
“Nas suas mãos, o Teatro do Mundo ganha um sentido íntimo e delicado – é dentro de nós mesmos que a peça, cômica ou trágica, se desenrola”
Veja

Share

Outras Notícias

Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Luis Fernando Verissimo: […]

leia mais
Uma vibração de claridade impiedosa

Por Moacyr Godoy Moreira* (Resenha de Em Plena Luz, de Tércia […]

leia mais
Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Noemi Jaffe: Em […]

leia mais