29 de outubro de 2011

O Afeganistão depois do Talibã

Às vésperas dos 10 anos do início da invasão do Afeganistão por tropas militares internacionais, lideradas pelos EUA, Adriana Carranca lança O Afeganistão depois do Talibã – Onze histórias do Onze de Setembro. No livro-reportagem, os fatos se apresentam do ponto de vista de onze personagens de uma trama em depoimentos colhidos durante viagens pelo interior do Afeganistão e do Paquistão.

A jornalista brasileira  entrevistou uma herdeira do profeta Maomé, um talibã, um senhor de guerra, uma candidata a presidente e uma dona de casa afegã analfabeta, entre outros, dando a eles igual peso e com o mesmo espírito que rege os melhores trabalhos de reportagem – sem julgamentos nem proselitismos.

No convívio com o povo, a autora conheceu de perto a trágica realidade da guerra, por vezes sentida na própria pele. Protegida por uma burca, como o fazem as mulheres afegãs, visitou lugares considerados territórios proibidos para estrangeiros, tamanha a sua periculosidade. O texto é permeado pela emoção de quem conhece os lugares descritos e conviveu pessoalmente com seus habitantes.

Esse período de quase dez anos teve um momento de grande importância simbólica com a captura e morte do saudita Osama Bin Laden no dia 2 de maio de 2011, na cidade de Abbottabad, no Paquistão. Para alguns esse fato representou o epílogo desse processo histórico chamado aqui de Década do Terror, enquanto, para outros, foi apenas o início de mais um de seus sangrentos capítulos.


Share

Outras Notícias

Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Luis Fernando Verissimo: […]

leia mais
Uma vibração de claridade impiedosa

Por Moacyr Godoy Moreira* (Resenha de Em Plena Luz, de Tércia […]

leia mais
Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Noemi Jaffe: Em […]

leia mais