29 de junho de 2016

Palavras Pequenas

Leo era pequeno, e adorava ver os detalhes do mundo gigante- sua casa, seu bairro, os adultos. Mais do que observar, gostava de aprender o nome de tudo e inventar palavras. Mas discordava de muita coisa- por que a jabuticaba, fruta tão pequena, tem um nome tão grande? E a jaca, tão grande, tem um nome tão pequeno? Foi quando percebeu que de palavras pequenas vinham grandes coisas. Reparou no mar. No céu. E no não. Então Leo cresce e vira Leonardo; muita coisa muda, menos a fascinação pelas descobertas dos sentidos das coisas do mundo.


Share

Outras Notícias

O legado de Oswald de Andrade

Por Felipe Maciel Oswald de Andrade se propôs a mudar o […]

leia mais
Primeira lista de finalistas do Jabuti 2020

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) anunciou no último dia 21 […]

leia mais
Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Luis Fernando Verissimo: […]

leia mais