21 de outubro de 2016

“Todo dia é dia de apocalipse”

O premiado escritor Rodrigo Lacerda volta sua escrita para um tema relevante a todos: as mudanças climáticas em nosso planeta. Por causa da poluição e do aumento da temperatura globais, todos os dias há um iminente apocalipse na Terra. Diante de tal catástrofe, a ONU convoca cientistas para um grande evento, no qual pudessem apresentar propostas para assegurar a vida das gerações futuras. O jornalista de uma revista científica presente no evento é pego de surpresa quando nota que as pesquisas, em vez de solucionarem as questões, trariam ideias para conviver com elas. O choque dessas propostas absurdas irá mexer não apenas com a comunidade científica, mas também com a vida do jornalista. Com sua peculiar prosa bem-humorada, Rodrigo Lacerda baseou-se em reportagens reais para o enredo, criando uma história totalmente original. Assim, revela que todo dia é dia de revermos nossas certezas e a maneira como vivemos.

Share

Outras Notícias

Nova Fronteira reedita dois clássicos de Rubem Fonseca

Com novo projeto gráfico e prefácios e posfácios inéditos, obras exibem […]

leia mais
A crise democrática no Brasil e no mundo

Ilona Szabó analisa em seu novo livro as principais ameaças para […]

leia mais
Nossos autores na imprensa

Confira as últimas notícias literárias sobre nossos escritores Ta-Nehisi Coates mostra […]

leia mais